Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

João Távora



Domingo, 31.05.09

Centenário da República

Não devia haver comemorações nenhumas. É um episódio triste da história portuguesa e não devia haver comemorações nenhumas. Para todos os efeitos foi uma ditadura. A ditadura não nasceu do vácuo, nasceu da República! 



Leia na integra as considerações de Vasco Pulido Valente sobre o tema: aqui  


(29 de Maio em entrevista ao Correio da Manhã e ao Rádio Clube Português)


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 16:18

Domingo, 31.05.09

Domingo de Pentecostes


Leitura dos Actos dos Apóstolos




Quando chegou o dia de Pentecostes, os Apóstolos estavam todos reunidos no mesmo lugar. Subitamente, fez-se ouvir, vindo do Céu, um rumor semelhante a forte rajada de vento, que encheu toda a casa onde se encontravam. Viram então aparecer uma espécie de línguas de fogo, que se iam dividindo, e poisou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que se exprimissem. Residiam em Jerusalém judeus piedosos, procedentes de todas as nações que há debaixo do céu. Ao ouvir aquele ruído, a multidão reuniu-se e ficou muito admirada, pois cada qual os ouvia falar na sua própria língua. Atónitos e maravilhados, diziam: «Não são todos galileus os que estão a falar? Então, como é que os ouve cada um de nós falar na sua própria língua? Partos, medos, elamitas, habitantes da Mesopotâmia, da Judeia e da Capadócia, do Ponto e da Ásia, da Frígia e da Panfília, do Egipto e das regiões da Líbia, vizinha de Cirene, colonos de Roma, tanto judeus como prosélitos, cretenses e árabes, ouvimo-los proclamar nas nossas línguas as maravilhas de Deus».




Da Bíblia Sagrada

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 15:21

Sexta-feira, 29.05.09

A campanha negra de Vital

Na viragem para a última semana de campanha o atrapalhado professor de Coimbra entrou em desespero. Ontem à noite em Évora Vital decidiu focar o seu pedagógico discurso nos delicados assuntos europeus: abordou o tema da corrupção, aquilo que ele chama a “roubalheira” do BPN, insinuando que não é por acaso que os envolvidos militem todos nas fileiras do PSD.  Certamente uma questão de genética política: tempos houve que constava à boca pequena serem os pedófilos tendencialmente socialistas...

Ainda a respeito das opções estratégicas que o Partido Socialista propõe para a Europa, Vital Moreira revelou à nação incrédula que, precisamente dentro de pouco tempo, uma centena, duas centenas, três centenas de trabalhadores, voltarão a estar activos nas minas de São Domingos em Mértola; mas que afinal não: confundiu as minas com as de Aljustrel,  coisa bem diferente. Coisa parecida com uma, ou duas, ou três centenas de trabalhadores com emprego. Estamos conversados!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 10:50

Sexta-feira, 29.05.09

Serviço público

Com a devida vénia ao João Miranda no Blasfémias


 


Dias Loureiro vs. José Sócrates


 


 


Dias Loureiro



José Sócrates


Existem suspeitas vagas sobre Dias Loureiro, embora ainda ninguém lhe tenha atribuído um crime concreto. Terá participado num negócio fictício em Porto Rico? Terá mentido ao Parlamento? Charles Smith foi filmado a dizer que José Sócrates recebeu dinheiro para aprovar o Freeport. José Sócrates foi o responsável pela aprovação do Freeport nos últimos dias de um governo de gestão.
Autoridades portuguesas dizem que Dias Loureiro não está a ser investigado. Autoridades portuguesas dizem que José Sócrates não está a ser investigado.
Nenhuma autoridade estrangeiras está a investigar Dias Loureiro. As autoridades inglesas estão a investigar José Sócrates.
Oliveira e Costa diz que Dias Loureiro mentiu. Tinha interesse em dizer que mentiu. Charles Smith foi filmado a dizer que José Sócrates recebeu dinheiro para aprovar o Freeport, mas depois desmentiu a acusação. Tinha interesse em desmentir.
Dias Loureiro não é arguido. José Sócrates não é arguido.
Na SLN Dias Loureiro desempenhava funções privadas e tinha responsabilidades perante privados. No Ministério do Ambiente, José Sócrates desempenhava funções públicas.
Dias Loureiro era Conselheiro de Estado, nomeado pelo Presidente da República. Desempenhava cargo com pouco poder e baixo risco para o sistema. Foi dito que Dias Loureiro descredibilizava o Conselho de Estado. José Sócrates é conselheiro de Estado. Até ao momento, ninguém se lembrou de dizer que a sua presença no Conselho de Estado descredibiliza a instituição.
Dias Loureiro não era primeiro-ministro. José Sócrates é primeiro-ministro. Desempenha um cargo de muito poder e alto risco para o sistema.
Dias Loureiro não podia ser demitido pelo Presidente da República. José Sócrates pode ser demitido pelo Presidente da República.
Investigação do caso BPN prosseguiu de forma normal. Investigação do caso Freeport parou durante 4 anos. Lopes da Mota está a ser investigado por ter feito pressões sobre responsáveis pelo processo.
Cândida Almeida nunca deu entrevistas sobre o caso BPN. Cândida Almeida deu uma entrevista sobre o caso Freeport.
Dias Loureiro demitiu-se. José Sócrates não se demitiu.


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 10:30

Quinta-feira, 28.05.09

Cá da casa

A RDP traça aqui rasgados elogios à página do Partido da Terra do nosso Pedro Quartin Graça. Eu concordo que é certamente uma das melhores: muito dinâmica e com uma excelente organização da informação. A coisa que era de esperar do partido que foi o pioneiro destas andanças - está na rede desde 1993!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 18:21

Quinta-feira, 28.05.09

Barcelona F.C.


 


Foi um luxuoso futebol o que venceu ontem em Roma: nas grandes competições é raro ganhar o futebol espectáculo, a arte pura de ataque em 4x4x2. Que se lixe o CR 7 e o Sir Alex Ferguson. Ganharam os reis católicos, a Grande y Felicíssima Armada - ganharam os melhores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 15:17

Quarta-feira, 27.05.09

Campanha Negra

Ao que parece, finalmente Dias Loureiro cedeu à sua (no Público e no ionline). Nada fácil chamar-se Loureiro nos dias que passam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por João Távora às 16:57

Quarta-feira, 27.05.09

O adivinho espantado

por Eugénia Gambôa no i




As opiniões mudam e é o espanto. Pela primeira vez desde 1995, segundo dados da Gallup, a maioria (51%) dos adultos norte-americanos identifica-se como pró-vida na questão do aborto. Uma viragem à "direita" dos americanos nas questões morais. Surpreendente? Não.


(…) Ninguém é dono e senhor do progresso. Ninguém pode partir do pressuposto de que todas as mudanças são benéficas. Em sociedades abertas e livres, a percepção pública resulta de uma avaliação contínua de propostas e projectos. As sociedades mudam mas a um ritmo próprio independente das legislaturas políticas. Esta mudança na opinião é sobretudo uma lição de humildade intelectual e um alerta para a "adivinhação político-social" que, apesar de estar em voga, ainda não é ciência.


 


na integra aqui:

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 16:36

Quarta-feira, 27.05.09

De hoje a oito...


...tudo farei para estar presente às seis e meia na Bertrand para um abraço e uma dedicatória no meu exemplar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 16:01

Quarta-feira, 27.05.09

Portugal ao espelho


Foi no mínimo confrangedor o espectáculo de Dr. Oliveira e Costa ontem na comissão parlamentar. É a imagem do regime em frangalhos na psicanálise à descoberta de si próprio.


Portugal não se liberta: pequenino, é um pátio de comadres, de conivências, jeitinhos, pingas de azeite e tachinhos de arroz.


De resto a justiça cumprirá o papel que dela se espera, e o processo BPN esvaziar-se-á por conta do tempo e do cansaço, com a promoção de uma série de arguidos, que como tantos outros lentamente assimilarão o seu estatuto como uma segunda pele.


Na medida do possível, o presidente desta triste república deveria demarcar-se de toda a confusão, para beneficio da sua imagem, que a do regime verdadeiramente já ninguém leva a sério.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por João Távora às 11:17

Terça-feira, 26.05.09

Escandalo - Gianna Jessen I

 








 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por João Távora às 18:52

Terça-feira, 26.05.09

Escandalo - Gianna Jessen II

 








 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por João Távora às 18:50

Terça-feira, 26.05.09

Do amor e do ciúme

Ponto prévio: tenho para mim que o amor estará condenado à partida quando for um fim em si próprio. O que não impede que possamos ter uma "relação" fantástica sem muito amor, ou até nenhum. O ciúme pode excitar a “relação” mas liquida o amor. Enaltecer  o ciúme é como exaltar a desavença na perspectiva que esta acarreta uma lúbrica reconciliação. Ao amor feliz o que menos faz falta são efeitos especiais, sensações bombásticas, pólvora seca ou surround em 5.1.

O amor feliz exige desprendimento, dádiva, e um conhecimento mutuo profundo. Que cada um conheça os caminhos do outro, as curvas e contracurvas, os poros, tonalidades, texturas e odores, todas as nuances da alma e do corpo. Tudo isto carece de tempo, muito tempo, e... confiança! Exige uma entrega incondicional, o sacrifício dos segredos mais profundos, vaidades e fraquezas. Exige muito amor.

O ciúme é a parte da história em que o amor sucumbe à proeminência dum umbigo, quando vence em nós um predador ferido. O ciúme é presunção, ilusão de paixão, prenúncio de vazio: um paliativo existencial que oculta uma mortal solidão. O ciúme está sempre onde deveria estar mais amor. Como escreveu David Mourão Ferreira, um amor feliz não tem história. E no fundo, no fundo, isso até pode ser bom, não pode?


 


Como prometido, esta é uma sincera provocação ao João Gomes e ao seu "ciúme" aqui em baixo.


 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 10:48

Segunda-feira, 25.05.09

José Eduardo Bettencourt, Claro!


Este é de facto um ano de eleições decisivas. As do Sporting Clube de Portugal, dada a sua delicada situação financeira, não são excepção: daqui a pouco mais de uma semana, no próximo dia 5 de Junho, os sportinguistas elegerão um novo presidente para o próximo triénio. Será um sufrágio decisivo para um clube cuja sobrevivência e sucesso exige uma nova mentalidade e um travão na apatia e que ameaça instalar-se.


Nesse sentido eu congratulo-me com a candidatura de José Eduardo Bettencourt, personalidade que irradia paixão e entusiasmo ao mesmo tempo que inteligência pragmatismo, uma mistura explosiva que só os gestores de sucesso possuem. Ou seja, este é o candidato no qual eu vou votar, e dele espero uma vigorosa politica de mudança... na continuidade. Acredito que José Eduardo Bettencourt é um daqueles raros lideres a quem o realismo não esmorece a imaginação, a vontade e a coragem. Depois de tanto esforço, dedicação e devoção, é chegada a hora da Glória!

 

Imagem daqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 18:16

Sábado, 23.05.09

Se um comunista incomoda muita gente...

Qual hollywood do faroeste europeu, as ruas e praças de Lisboa converteram-se em meros adereços publicitários, acervo de curiosidades turísticas ou disformidades circenses.  O centro da capital portuguesa, semi-desertificada, é hoje em dia um mero cenário de eventos, comerciais ou políticos, onde sobrevivem uns quantos excêntricos indigenas.

Nesta tarde de Sábado, com a complacência do Sr. Zé e do Sr. Costa, os comunistas desceram à cidade e montaram o palanque na rotunda e a plateia na Av. Fontes Pereira de Melo para um comício de campanha. E Lisboa paralisou... comigo lá dentro.

Esta é uma estranha e velha fórmula desse partido e dos seus sindicatos satélites chamarem a atenção. À custa do desespero e da paciência de inocentes cidadãos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 23:34


Pág. 1/4




Sobre o autor

João Lancastre e Távora nasceu em Lisboa, que adora. Exilado no Estoril, alienado com política e com os media, é sportinguista de sofrer, monárquico, católico e conservador. No resto é um vencedor: casado, pai de filhos e enteados, é empresário na área da Comunicação e do Marketing. Participando em diversos projectos de intervenção cívica, é dirigente associativo e colabora em vários blogues e projectos comunicação política e cultural.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Instagram

Instagram

calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31