Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora



Sexta-feira, 03.03.17

Nada de novo

A propaganda política dá-se mal com complexidade, e assim sendo, dá-se mal com a verdade. A verdade é sempre mais fácil de definir em pequenas parcelas que dão bons "soundbites", as meias-verdades com as quais se esgrimem argumentos em política – a essa distorção agora chamam-lhe pós-verdade e populismo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Távora às 09:18



1 comentário

De Manuel a 04.03.2017 às 11:19


Bem observado, constata-se.

A denominação e os próprios conceitos são novidade, como papel de embrulho.

Mas a prática não é de todo nova.
Nem sequer diversa.das ante verdades a que vamos tendo parcimonioso acesso

E como se chamava antes caro João ?

Comentar post




Sobre o autor

João Lancastre e Távora nasceu em Lisboa, que adora. Exilado no Estoril, alienado com política e com os media, é sportinguista de sofrer, monárquico, católico e conservador. No resto é um vencedor: casado, pai de filhos e enteados, é empresário na área da Comunicação e do Marketing. Participando em diversos projectos de intervenção cívica, é dirigente associativo e colabora em vários blogues e projectos comunicação política e cultural.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Instagram

Instagram

calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031