Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

25.Set.20

O estalinismo higiénico também mata

João Távora
A maior parte das vezes são os casos que nos tocam de perto que nos despertam para determinados problemas que doutro modo nos passavam ao lado. É por isso que, de há uns anos para cá, por causa da minha mãe que sofre de uma grave doença respiratória degenerativa, a gripe sazonal e o receio de uma consequente pneumonia, me atormenta todos os invernos. Necessitada de assistência respiratória 24h por dia, com a sua autonomia física em constante degradação, viu-se ela obrigada a (...)
22.Set.20

Da genealogia sportinguista

"Aos vencedores foram oferecidas medalhas"

João Távora
“Realizou-se domingo [14 de Setembro de 1902], na Quinta da Fonteireira em Belas, [Quinta pertencente à família Pinto Basto onde, por via do parentesco da minha avó paterna, eu passava umas divertidas jornadas em pequenino], o match de «Foot-ball» entre o Sport Clube de Belas [dos irmãos Gavazzo] e o Foot-ball Clube Peninsular, ficando este último a vencer por 6 goals contra 1. Aos vencedores foram oferecidas medalhas. O grupo vencedor compunha-se: goal-keeper, J. Lisboa; backs, (...)
15.Set.20

Quando o Povo quiser - Lançamento

João Távora
Para os meus amigos que tenham dúvidas, esclareço que o estado de contingência não se sobrepõe às liberdades políticas e de reunião garantidas pela constituição. Desse modo, o lançamento de "Quando o Povo quiser" irá decorrer conforme previsto, com apresentação de Pedro Mexia e a presença dos Duques de Bragança. Apelo aos meus amigos a (...)
15.Set.20

Regras impossíveis de fazer cumprir

João Távora
Quis o destino eu ter nascido com um forte astigmatismo e um estrabismo associado, coisa que resultou numa visão muito deficiente pelo olho direito. Quando eu estava na primária, foi me proposto uma terapêutica oftalmológica muito avançada para a época em que, para lá das 3 consultas semanais em que me era ministrado um tratamento num cubículo escuro com uma máquina onde eu tinha de permanecer a olhar durante um tempo que me parecia uma eternidade, obrigavam-me a andar com uma (...)
13.Set.20

Flocos de neve

João Távora
Sexta-feira tive reunião de pais por causa do inicio de aulas do José Maria. Foi assim que percebi que andam por aí muitos pais indignados pelo facto das escolas aconselharem os miúdos, nos dias de educação física, a irem já vestidos com o fato de ginástica, visto os balneários estarem encerrados por indicação da DGS. Argumentam com falta de higiene e consequentes maus cheiros dos jovens adolescentes. Nos meus tempos de escola não perdiamos um intervalo ou um furo para jogar (...)
31.Ago.20

Precisamos de um milagre

João Távora
As minhas preocupações mais profundas prendem-se com questões a que a política há muito deixou de acorrer. Duzentos anos passados sobre o início das revoluções liberais, a descristianização de Portugal tornou-se um processo acelerado – como no resto da Europa, o individualismo espalhou-se como um vírus que não olha a fronteiras. Aliás, a epidemia do “d (...)
24.Ago.20

Porto, 24 de Agosto de 1820

João Távora
A propósito da efeméride de hoje em que se completam 200 anos da Revolução Liberal do Porto, Lourenço Pereira Coutinho na revista do Expresso faz uma curiosa referência a um jurisconsulto de seu nome António Ribeiro dos Santos, que no reinado de D. Maria I representava uma corrente não revolucionária partidária do estabelecimento de um código constitucional escrito para o reino, projecto que obteve forte oposição dos defensores do iluminismo pombalino. Infelizmente em (...)