Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

30.Jun.20

Estamo-nos quase a ir embora

João Távora
Não falta muito tempo (e o que é isso do tempo?) para sermos esquecidos destas ruas que um dia palmilhámos em busca de quem. Porque foi só com os outros que existimos. Aquela música que já não toca para nós, da janela ninguém nos espreita, ninguém nos espera, como quando fomos esperança de alguém e nos guardou numa moldura empoeirada. Enquanto a memória durar, enquanto os nossos mais queridos permanecerem, que também eles se irão embora, corrompidos pelos anos em que a (...)
24.Jun.20

Valha-nos Santo Efraim

João Távora
Isto agora do governo pretender que depende do comportamento de cada um não ser infectado com o COVID 19 é uma crença tão conveniente quanto perigosa, a despertar os magotes de torquemadas adormecidos. Sem que isso dispense a prudência, enquanto não houver uma vacina a doença será uma ameaça de que ninguém está livre a não ser que se encerre dentro duma redoma. Já dizia Santo Efraim, compositor e doutor da igreja (306 - 373 DC) que são 3 as grandes tentações com que nos (...)
23.Jun.20

Matar o pai e outras reflexões

João Távora
Quem ingenuamente pensou que o ocidente tinha entrado na adolescência (etapa para a maturidade) no Maio de 68 poderá agora, em face à pandemia de vandalização de estátuas, concluir que hoje é a delinquência, ela própria legitimada pelo relativismo das últimas décadas, que se sente encorajada a assaltar o poder. Sempre a descer. Muitos acreditam que a sociedade existe como corpo pensante, mas ela deveria ser apenas a soma das partes de indivíduos solidários e com vontade (...)
16.Jun.20

No início eram os Genesis

Um indispensável tributo a uma banda de culto

João Távora
Poderia justificar estas linhas com os 50 anos da publicação do primeiro álbum de originais do Genesis, o Trespass de 1970 (From Genesis to Revelation, de Março de 1969, é na verdade uma colectânea de singles), mas a ideia veio-me à cabeça por causa de uma velha disputa entre facções musicais, que recentemente ressurgiu em pequeno comité nas redes sociais: de um lado, os puristas da pop anglo-saxónica de 4 minutos, um bom poema com um refrão repetido duas vezes; e do outro (...)
15.Jun.20

Vândalos a reescrever a história

João Távora
Quando se fala no vandalismo sobre monumentos e estátuas, convém lembrar a selvática decapitação perpetrada nas armas nacionais em toda a sorte de edifícios depois o 5 de Outubro de norte a sul por milícias revolucionárias, na tentativa de apagar do espaço público os 800 anos de monarquia. As ruínas permanecem um pouco por todo o lado a testemunhar a selvajaria dos republicanos de 1910. Se pensarmos bem, as notícias que nos chegam por estes dias tratam o mesmo: vândalos a (...)
28.Mai.20

Agora sobre coisas sérias:

João Távora
Este número do Correio Real a sair em breve foi preparado em tempos adversos, de grande consternação e incerteza por causa da crise sanitária. Neste período, vários foram os eventos da Real Associação de Lisboa adiados por esse imperativo, e por isso decidimos reforçar o empenho editorial. Fomos largamente compensados. Desta revista eu destacaria particularmente a primeira entrevista concedida pela Infanta (...)
15.Mai.20

75 Anos de serviço

Obrigado, Senhor Dom Duarte de Bragança!

João Távora
Trata-se sem dúvida de uma feliz coincidência o facto de D. Duarte Pio celebrar o seu aniversário natalício hoje que é Dia Internacional da Família: acontece que a nação é a forma mais alargada de família existente, e o rei, cuja genealogia atravessa a história rumo ao futuro, é o seu Chefe natural. Ao Chefe da Casa Real Portuguesa desejo um feliz dia aniversário!
14.Mai.20

Por uma questão de decência

João Távora
Ontem voltei a Lisboa utilizando os transportes públicos e andando na rua como costumo fazer com gosto nas minhas voltas, para sentir o pulsar e usufruir dos encantos da minha cidade natal. Curioso é como comboios da linha de Cascais deixaram de ter revisores que foram substituídos por polícias aos pares a corrigir com voz grossa a forma como os passageiros usam a máscara. Estão impantes com o estado de excepção e ainda receei que descobrissem que a minha não é certificada. A (...)