Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Ai vida boa!!!

A não perder, para sorrir e rir às gargalhadas. Para ler, reler, recitar, contar aos filhos e à sogra, emprestar aos amigos, levar para o trabalho para ler às escondidas: hoje nas bancas o mais cómico e divertido álbum do Lucky Luke - Os Rivais de Painful Gulch - os campónios narigudos contra os campónios orelhudos – lembram-se?
De referir que este livro integra uma equivoca colecção editada com o jornal Público – a maior parte dos títulos escolhidos são medíocres criações de Morris, a solo ou em má companhia, na tentativa de explorar o moribundo filão que foi este clássico herói da BD Franco-belga. Definitivamente, se o corpo do Lucky Luke pertence ao desenhador Morris, a alma pertenceu sempre ao argumentista René Goscinny (1926-1977). E sem alma não há vida.

4 comentários

Comentar post