Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Prioridades

Aterrei há pouco em Lisboa e ouvi na telefonia do táxi que o benemérito Estado português pretende subsidiar a oferta de umas centenas de milhares de computadores e ligações em banda larga ao povo mais desfavorecido. Parece-me que para os felizes contemplados seria bom que lhes fosse proporcionada adequada formação em folha de cálculo, língua portuguesa, gestão de bases de dados ou tratamento de imagens, para uma possível rentabilização do material oferecido.
Ou então não: depois de termos atingido uma inusitada taxa de telemóveis por habitante, assuma-se desde já o objectivo de fazer dos portugueses os maiores consumidores mundiais de entretenimento na Internet. Por certo nos distinguiremos rápida e naturalmente nas comunidades de chat do MSN, no You Tube, ou no Second life. Quem sabe até alcançaremos a glória e reconhecimento internacional como os mais viris engatatões virtuais da Internet... sempre na crista da onda, sempre em alta resolução e talvez em 3D.

6 comentários

Comentar post