Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Capelinhas

Não bastam à Fernanda Câncio os generosos espaços de opinião no Diário de Noticias e seus suplementos, para a senhora destilar a sua ressentida malignidade para com a Igreja e outros seus patológicos fantasmas? Como se pode entender, a não ser como gratuita (?) provocação do editor, que uma vez mais lhe seja atribuída uma reportagem a respeito da Igreja e o serviço espiritual aos doentes nos hospitais do Estado? E desculpem-me o desabafo, mas às vezes até o mais empedernido conservador altera os seus hábitos e muda de jornal.

5 comentários

Comentar post