Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

O ópio do povo (18)

Ontem por momentos senti-me um pouco angolano. Emocionei-me e vibrei e comovidamente com o empate de Angola com o México. E aquele abraço no final entre Figueiredo (que é branco) com Macanga, tão simbólico, fez-me acreditar um pouco mais… Foi a vitória da VONTADE, o mais importante "sentido" do homem.

Nota: Em contraste com o Pedro Correia, (na sua “guerra de civilizações” a propósito do México - Irão) nutro também uma especial antipatia pelo México. Um estado fundamentalista laico, que é o outro lado da miséria civilizacional. Não me esqueço como foi tratado João Paulo II na sua visita ao México em 1979.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.