Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

A “Res pública” na fossa

O desinteresse dos agentes políticos no "Lisboagate" é um trágico sinal do estado de subdesenvolvimento democrático da nossa III república. Ao contrário de daqueles que sorriem conformados com a caricatura de país em que nos tornámos, onde a irresponsabilidade e o nepotismo são norma, a mim parece-me que é importante expressar a revolta sem resignação. Todos sabemos como o velho e amolgado tacho, sempre reabastecido através dos dinheiros públicos, alimenta os estômagos e anestesia  as consciências de meio mundo por este país afora.


Os portugueses têm o que merecem: um estado paternalista e perverso que manipula a bel-prazer um povo sem vontade ou ambição - os eternos últimos, uns pobres coitados. Até quando?

Hoje à noite, Rádio Clube Português...


... este vosso humilde escriba estará na Sampaio Pina, no programa "Ao Fim do Dia", de Alexandre Honrado e Sofia Frazoa. Tal acontecerá  depois das 23 horas, na rubrica sobre Blogs em que se discutirá “A Monarquia”, um tema sempre de grande actualidade. Apesar do manifesto erro de casting, espero partir uma perna e não fazer má figura.

 

Pág. 2/2