Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

Relações e afectos

 

 

Não posso estar mais de acordo com Neil Young quando afirma que o som que as novas gerações consomem é o pior de sempre, criticando o formato MP3 cuja compressão áudio, como sabemos, elimina grande parte do verdadeiro som captado numa boa gravação.  
Se estou certo que a solução ideal é a gravação e a reprodução analógica, como intenso consumidor de música, não fui insensível aos bons argumentos do disco compacto, solução à qual aderi apesar de manter o meu gira-discos em plena forma e actividade. O que eu  já não me conformo quanto ao CD é com aquelas manhosas caixas de plástico em que a maior parte deles surge embalado; um objecto repugnante que se deteriora em três tempos. E como podem ser elegantes e criativas as soluções cartonadas! Isto não é questão de somenos importância para um melómano; pela minha parte não prescindo de ver materializada a música num objecto físico. É que sabe mesmo bem regalar o olhar, agarrar e acariciar aquilo que amamos…