Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

Contra factos não há argumentos


Confesso que tenho muita dificuldade em congeminar argumentos e teses políticas a respeito da “bola”. Porque se há um assunto que pela sua natureza me é permitido ser “clubista” é no que refere o meu clube. As emoções vivem-se a paixão não se discute. Apesar de reconhecer que o meu estado de alma é matéria de pouco interesse, não quero deixar de aqui expressar a minha profunda tristeza e desolação quanto à situação a que chegou o meu Sporting. 
E porque não acredito que a providência divina interfira nestas coisas, suspeito que a travessia do deserto, se a isso tivermos direito, será penosa.