Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

Canção portuguesa do principio do século XX

 

Uma graça, esta gravação rara, senão única. Era assim a "canção popular" portuguesa do "solidó" no início do século XX. Pelo rótulo assumo que a voz, por estranho que pareça, é duma moça chamada Assaltada, do Porto, com acompanhamento ao piano. O facto do disco ser de 76 voltas, é indicação de ser anterior a 1925 quando vingou "normalização" das 78 rpm's (rotações por minuto). 

Lisboa na enxurrada

 

Ao que consta, ontem, as intensas chuvas que caíram sobre Lisboa inundaram a rotunda do Marquês de Pombal, caso inédito não fosse a mal amanhada "engenharia" promovida por António Costa numa acção de propaganda barata cuja única consequência prática é o afunilamento do trânsito da Avenida da Liberdade e definitivo bloqueio ao acesso das pessoas à desertificada baixa pombalina.
Acontece que nos dias de hoje, para os milhares de lisboetas que foram atirados para os subúrbios por causa da especulação imobiliária e duma desgraçada lei de arrendamentos, uma viagem pontual para o centro da cidade em transportes públicos é mais oneroso que a utilização do transporte próprio. Ir a um teatro da baixa ou visitar um familiar naquela zona de Lisboa tornou-se um autêntico pesadelo para os “degredados” como eu. O mais irónico é que isso não acontece aos seus habitantes… pela pior das razões: estão em processo de absoluta extinção. Envelhecidos e abandonados em pequenas ilhas decrepitas, resta conformem-se com o isolamento. 

 

 

Foto: Nuno Castelo Branco