Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Precioso silêncio, preciosa música

É comum nos dias que passam, nos escritórios, estabelecimentos ou transportes públicos, encontrar o pessoal ouvindo toneladas de megabites de musiquitas e cançonetas de “fones” nas orelhas ou simplesmente em regime de partilha forçada. Questiono-me então o que faz esta gente quando porventura desejar verdadeiramente o deleite de escutar música. Teve o desejo tempo de medrar, sem o espaço de um precioso silêncio? O que é que se está a “tapar” na alma quando se perde a capacidade de ouvir o silêncio?
Pensando bem, se conseguir uma oportunidade, este fim-de-semana ainda vou sentar-me em frente às colunas a ouvir rodar... o Concerto para Violino de Beethoven (que o meu pai considerava o melhor deste compositor) e... numa onda revivalista, o álbum Magical Mystery Tour dos Beatles. A ver se dá!

8 comentários

Comentar post