Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

A voz da incompetência

Considerando a inegável e avassaladora hegemonia do Futebol Clube do Porto face à concorrência doméstica, cada vez que Luis Filipe Vieira vocifera reclamando a destituição dos responsáveis no caso Apito Dourado, por mais razão formal que lhe assista, a coisa soa a falso. É que, mais grave do que a disfuncionalidade da justiça em Portugal, só mesmo a mediocridade e o chico-espertismo imperante nas classes dirigentes nacionais. Ou não estará tudo ligado afinal?

10 comentários

Comentar post