Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Epidemia de parvoeira

À conta de gripe suína (sempre gostei deste nome), uma onda de puritanismo higiénico grassa no meu escritório onde uma virtuosa mão invisível substituiu as elegantes chávenas de loiça onde bebíamos o café por uns etéreos copitos de plástico. Depois, lá na copa já se trocam acusações de falta de consciência etológica quem bebe o café em dois copinhos sobrepostos para não queimar os dedos. Suspeito que é mais fácil sobreviver à gripe suína do que a uma epidemia de parvoice.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.