Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

João Távora

Contra os tabus e os fantasmas do regime

Ainda a respeito da polémica proposta de revisão constitucional de Alberto João Jardim, ontem á noite Lobo Xavier e José Pacheco Pereira surpreenderam-me pela sua coragem ao afirmarem a genética totalitária do Partido Comunista Português e o cariz ideológico da Constituição Portuguesa. Lobo Xavier foi até mais longe contestando a tese oficial da "nomenklatura", de sistemático branqueamento do papel da Extrema Esquerda e do Partido Comunista no combate pela implantação dum regime totalitário pró soviético em Portugal no pós 25 de Abril. É preciso estar de fora do sistema para se poder dizer o que se pensa? 

O facto é que hoje vivemos em Liberdade porque os comunistas foram derrotados em 25 de Novembro, e apesar da hipócrita política de “acalmação” instaurada pelos vencedores: talvez por isso Melo Antunes e os socialistas afinal sejam os principais responsáveis pela poderosíssima Extrema Esquerda que subsiste hoje em dia em Portugal. 

De resto, a Direita portuguesa só terá futuro se for livre de complexos e tiver a coragem de afirmar a sua versão da história. A Direita em Portugal só terá futuro se for LIVRE.