Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Travagem brusca

 

Consta que se perspectiva o adiamento da construção da ligação TGV entre o Porto e Vigo, não por causa das finanças públicas ou dum avisado acordo secreto entre as bancadas do PS e do PSD, mas por causa do Ministério Fomento espanhol que se justifica com questões do foro ambiental. Ora cá pra mim que não sou de intrigas,  isto trata-se afinal duma inadmissível intromissão do reino vizinho na estratégia de animação económica e do desenvolvimento da república de Sócrates. Daqui deste jardim à beira-mar plantado, além do adiamento da linha Lisboa Elvas, aguardam-se também as tomadas de posição dos lobbies envolvidos, assim como uma relação do número de desempregados previstos pela Mota-Engil e Teixeira Duarte em consequência do atraso.  

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.