Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Insignificâncias que fazem deste mundo um local aprazível

 

Foi com alguma emoção que há dias levei o meu pequenote pela primeira vez ao barbeiro lá do bairro, que como não poderia deixar de ser, é daqueles á antiga com poster da Michelin, onde nos podemos actualizar com revistas do Correio da Manhã, o jornal A Bola e conversa fiada de homens que não arranjam as unhas nem tiram sobrancelhas em cabeleireiros unisexo com preços desavergonhados.

O senhor António, recebeu-o como fez ao irmão mais velho há mais de quinze anos, pôs-lhe um banquinho de madeira para dar altura e uma longa toalha de nylon á volta do pescoço. O petiz, que ia muito recomendado, portou-se à altura, denotando até um certo orgulho quando pronunciou convictamente o seu nome e clube de futebol. À pergunta “que idade tem o menino”, num primeiro instante estranhámos a ausência de resposta, mas depois, comovido descobri que por debaixo do pano protector ele mantinha com esforço os três dedos hirtos como resposta. Tem já três anos o meu menino, e este mundo ainda é um local aprazível.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.