Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Homens...

 

De uma coisa eu estou certo: a defesa deste Orçamento de Estado por Vítor Gaspar tem exactamente o mesmo fundamento da  aprovação por Paulo Portas: razões patrióticas. Vistas as coisas ao contrário: este odioso Orçamento de Estado é assumidamente um infortúnio, tanto para Gaspar quanto para Portas. E como faz falta por estes dias de tormenta, quem se chegue à frente com um discurso de verdade, coerente e mobilizador - política, enfim. De resto sabemos bem quem são normalmente os primeiros a abandonar o barco adornado.

 

Foto filtro Instagram

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.