Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

O adivinho espantado

por Eugénia Gambôa no i




As opiniões mudam e é o espanto. Pela primeira vez desde 1995, segundo dados da Gallup, a maioria (51%) dos adultos norte-americanos identifica-se como pró-vida na questão do aborto. Uma viragem à "direita" dos americanos nas questões morais. Surpreendente? Não.


(…) Ninguém é dono e senhor do progresso. Ninguém pode partir do pressuposto de que todas as mudanças são benéficas. Em sociedades abertas e livres, a percepção pública resulta de uma avaliação contínua de propostas e projectos. As sociedades mudam mas a um ritmo próprio independente das legislaturas políticas. Esta mudança na opinião é sobretudo uma lição de humildade intelectual e um alerta para a "adivinhação político-social" que, apesar de estar em voga, ainda não é ciência.


 


na integra aqui:

1 comentário

Comentar post