Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

João Távora

Sobre a guerra e sobre os “trapos”

Antes de mais quero dizer que as guerras envergonham-me profundamente.
A fotografia que o NSL publica em baixo é de uma crueldade dilacerante. Mas que a culpa seja dos “trapos” parece-me demasiadamente simples.
Não será que “os trapos” (e toda a organização do estado moderno) servem antes de mais para nos ajudar a defender de nós próprios, da nossa incontornável ganância pelo poder e fascínio suicidário pelo “trágico”?
A mim parece-me que toda a guerra começa em cada um de nós. Na nossa casa, no nosso trabalho, no nosso bairro… São estes os “campos de batalha” onde podemos encontrar, e evitar as nossas primeiras vítimas.
Quanto ao resto, também tenho as minhas utopias, e quero afirmar aqui que, apesar de tudo, acredito num homem melhor, pela força da educação, da justiça e da mensagem de Jesus Cristo.