Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

24.Jun.22

Jéssica

João Távora
A propósito do hediondo caso de tortura e assassinato de uma menina de 3 anos em Setúbal que a todos nos vem martirizando as consciências, Marcelo Rebelo de Sousa relevou o sinal de miséria moral que o caso evidencia e que nos deve fazer reflectir. Desta vez confesso que estou de acordo com o ângulo da perspectiva do comentador, que acedo a aprofundar. Se por estes dias se ouvem muitas vozes genuinamente indignadas com a falha do Estado e dos seus organismos, julgo que esse é o (...)
08.Jun.22

Publicar livros

João Távora
Não foi fácil decidir-me pela publicação de “Casa de Abrantes, crónicas de resistência” numa edição de autor, usando os meus conhecimentos de marketing e recursos empresariais. Confesso que quando a obra se encontrava quase pronta ainda sonhei com uma edição comercial com distribuição nacional, pois publicada como uma “história de família” composta por crónicas biográficas pareceu-me que tinha um considerável potencial comercial. Enganei-me na primeira ideia e (...)
06.Jun.22

Pe. João Seabra

Uma inevitável homenagem

João Távora
O curioso é que o que se esperava há algum tempo, a partida do Pe. João Seabra, soube dela com choque à hora do jantar de sexta-feira, na companhia de dois seus amigos de juventude, colegas de escola. As vidas dos outros quatro convivas nesse serão, também com a dele se tinham cruzado com mais ou menos intensidade - constatámos. A notícia caiu que nem uma bomba estúpida que estilhaçou a noite com silêncios, mas que não desfez aquela cumplicidade que não havemos de esquecer (...)
02.Jun.22

Em Abrantes nada será como dantes...

João Távora
Depois da bem-sucedida apresentação do meu livro com Carlos Bobone e Daniel Protásio ocorrida ontem no Instituto Português de Heráldica a convite do seu presidente João Portugal, prepara-se outra sessão de apresentação de “Casa de Abrantes, Crónicas de Resistência” no próximo dia 10 de Junho às 16,00hs na Biblioteca Municipal de Abrantes. Este evento, integrado nas festas da cidade, contará com um debate sobre a obra moderado pelo jornalista José Manuel Fernandes.Entret (...)
30.Mai.22

A nobreza, definitivamente, é um acidente de carácter

Por Manuel Lamas de Mendonça, a propósito do livro Casa de Abrantes, crónicas de resitência

João Távora
"Recebi, e agradeço muito, a tua crónica de várias crónicas de resiliências ligadas por um fio, ou vários, se assim o preferires. Li tudo já, inclusive o respeitante ao Senhor Marquês., teu Pai, que foi a única personagem que five o privilégio aflorar muito ao de leve, e de ouvir narrar um pouco mais. Primeiro sou forçado a reconhecer que é necessário ter peito para abrir a camisa, (...)
26.Mai.22

Os segredos de Maria Filomena Mónica

João Távora
Numa entrevista a Maria Filomena Mónica publicada no Expresso da semana passada a propósito de mais um seu livro autobiográfico desta vez intitulado “Duas Mulheres” que promete desenterrar segredos da sua mãe e avó, chama-me a atenção a resposta à pergunta se “a família é um lugar estranho?”. Dá para imaginar o terror de boa parte da família Mónica com o que aí vem. Não porque a instituição familiar seja de facto um “lugar estranho”, repleto de segredos (...)
23.Mai.22

Pré-lançamento de "Casa de Abrantes..." no Palácio de Santos

João Távora
Numa inolvidável cortesia da Embaixada de França em Portugal, na pessoa da Senhora Embaixadora Florence Mangin, no passado dia 28 de Abril realizou-se um pré-lançamento do livro “Casa de Abrantes, crónicas de resistência” dedicado à família mais chegada e a um restrito número de amigos que colaboraram na sua concretização. A apresentação foi feita por Carlos Bobone e Nuno Pombo após uma simpática alocução da Embaixadora, que terminaria a sua missão em Lisboa dias depois. (...)
18.Mai.22

A república do faz-de-conta

João Távora
Para além do transtorno para os clientes, parece não haver qualquer noção do prejuízo para o ambiente que significa uma greve do metropolitano de Lisboa. Os mesmos que fomentam estes conflitos querem acabar com o transporte individual na cidade. Já o ministro Pedro Nuno Santos assobia para o lado, como se não fosse nada com ele.
16.Mai.22

Lançamento na Quinta da Piedade

João Távora
Ainda com o coração cheio de tantos e tantos amigos que ontem acorreram ao Palácio da Quinta da Piedade para o lançamento do meu livro Casa de Abrantes, Crónicas de resistência. Com a honrosa presença do Senhor Dom Duarte de Bragança e do Presidenteda Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Dr. Fernando Paulo Ferreira, o evento foi animado. O debate sobre a obra foi moderado João Miguel Tavares e nele participaram os meus amigos Carlos Bobone e Francisco Lobo de Vasconcelos. (...)