Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

02.Nov.19

Sarna para se coçarem

João Távora
Extraordinária é a capacidade de atracção que têm os extremos em política, totalmente desproporcional à sua real representatividade nas comunidades. É um pouco como o fascínio que exerciam na populaça os circos de horrores do século XIX, com a mulher de barba ou o homem elefante. Na verdade, o Livre de Joacine, por exemplo, obteve em termos nacionais 57.000 votos (menos 10.000 que André Ventura), coisa que em relação aos 10.800.000 votantes significa pouco mais que 0,5%: ou (...)
28.Out.19

Vídeo do lançamento de "A Liberdade Portuguesa"

João Távora
Veja aqui o registo vídeo do lançamento do livro "A Liberdade Portuguesa", uma antologia de textos dispersos de Henrique Barrilaro Ruas compilada por Vasco Rosa e com prefácio do jornalista Nuno Miguel Guedes publicada sob a chancela Razões Reais da Real Associação de Lisboa. A homenagem ao homem do pensamento e doutrinador monárquico que foi Henrique Barrilaro Ruas teve lugar no dia 17 de Outubro de 2019 no Centro Nacional de Cultura, contou com a apresentação de Augusto (...)
25.Out.19

Uma estranha sensação de Déjà vu

João Távora
1 - Ontem o jogo em Alvalade mostrou um Sporting bipolar: com um futebol escorreito e quase vistoso, com a bola a chegar com perigo à área do adversário na primeira meia hora, e depois uma equipa extremamente insegura, hesitante, com um meio campo excessivamente permeável e demasiados passes falhados (não há ninguém melhor que Doumbia para fazer o número 6?). Para isso não ajudam nada os sinais que vêm da bancada – os adeptos estão impacientes e intransigentes para com o (...)
24.Out.19

Joacine, ou uma máquina de fazer racistas

João Távora
Não serei a pessoa mais indicada para defender a estética da bandeira nacional que nos legou a revolução republicana mas o ponto não é esse. Admito que talvez se não devesse valorizar este vídeo com um energúmeno a tecer considerações ofensivas sobre os símbolos que a nossa bandeira ostenta – o que de melhor nela se aproveita, porque reflecte a nossa História como comunidade com quase de 900 anos de caminho. Mas o facto é que este discurso, proferido na manifestação que (...)
21.Out.19

Da minha vaidade

João Távora
Se há uma coisa que conheço bem é a forma entusiástica, séria e meticulosa como o Vasco Vasco Medeiros Rosa se atira aos projectos e autores a que estética ou filosoficamente adere. Na verdade é o mesmo empenho com que encara sempre qualquer desafio editorial que se lhe apresente. Mas sei bem como os gosta de poder escolher e foi por isso que já em 2010 tinha tentado junto de um grande grupo editorial o ambicioso projecto da edição da obra completa de Henrique Barrilaro Ruas em (...)
18.Out.19

A Liberdade Portuguesa

João Távora
"Não queremos outra liberdade senão a liberdade portuguesa. Mas também não queremos outro Portugal senão o Portugal dos homens livres. E é ao procurar a práxis desta teoria que aclamamos o Rei". Henrique Barrilaro Ruas, 1971 Nos dias de hoje em que parece imperar tanto egoísmo e indiferença no que à “coisa pública” diz respeito, é significativo e consolador quando uma pequena organização monárquica (sem quaisquer subsídios ou subvenções) consegue juntar cerca de 100 (...)
14.Out.19

A Liberdade Portuguesa - Uma homenagem a Henrique Barrilaro Ruas

João Távora
A Real Associação de Lisboa agendou para o próximo dia 17 de Outubro pelas 18:30 o lançamento do livro "A Liberdade Portuguesa", uma antologia de textos dispersos de Henrique Barrilaro Ruas compilada por Vasco Rosa e com prefácio do jornalista Nuno Miguel Guedes publicada sob a nossa chancela Razões Reais. Esta obra, cujo lançamento terá lugar no Centro Nacional de Cultura, no Largo do Picadeiro, nº 10-1º (ao lado do Café No Chiado), constitui uma homenagem ao homem do (...)
10.Out.19

A Casa de Abrantes e Dom Manuel II

João Távora
Uma carta de 1928 recentemente chegada às minhas mãos, de Dom Manuel II para o meu bisavô João Ulrich consentindo o casamento de Maria Emília Casal Ribeiro Ulrich com o Marquês de Abrantes (meus avós), insinua num singelo parágrafo uma improvável amizade entre o rei e o meu avô José. Bem sei que tinham praticamente a mesma idade e que o meu avô pagou com o (...)
07.Out.19

A minha douta análise aos resultados eleitorais

João Távora
IL – Descontado as questões de costumes, a este triste país, um comprimidozito de liberalismo só pode fazer bem. Livre - Agora com a Joacine em S. Bento o parlamento vai ter de mudar o regulamento de tempo para número de palavras proferidas. Chega – Não acho perigoso um deputado de extrema-direita num parlamento com várias dezenas do outro extremo. Ventura quererá desafiar o CDS. CDS – Os trabalhos de hércules necessários para a sua recuperação, dispensariam a guerra (...)
05.Out.19

A liberdade para para sermos livres

João Távora
É irónico constatar como a teoria da Hegemonia Cultural (burguesa), que celebrizou o dirigente e intelectual comunista italiano Gramsci (1891-1937) e o projectou no campo da Ciência Política mais ao seu conceito de “superestrutura” (a ideologia, constituída pelas instituições, sistemas de ideias, doutrinas e crenças de uma sociedade), está, nos nossos dias, impregnada de uma indelével chancela marxista. De facto, hoje o marxismo domina a narrativa cultural e é facilmente (...)