Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Algumas notas sobre a espuma destes dias de brasa

costa.jpg

A soberania...

…não deveria ser apenas uma arma de arremesso para quando o País é financeiramente intervencionado por incúria da governança. A notícia hoje destacada no Expresso de que um contingente militar espanhol atravessou a fronteira em apoio aos bombeiros que acorriam ao grande incêndio de Pedrógão Grande à revelia do Estado português deve-nos deixar apreensivos. A entrada de forças armadas estrangeiras num estado soberano, por uma questão de principio deve obedecer a rígidos protocolos.  Instado pelo mesmo semanário o ministério da defesa não esclareceu a situação. Dá ideia de que estamos entregues aos bichos, é o que é.

Menos mal

No contexto da tragédia do ataque terrorista em Barcelona, parece um sinal de bom decoro a presença sem polémicas separatistas do Rei Filipe VI e do primeiro-ministro Rajoy na manifestação de repúdio e pesar ocorrida na Praça da Catalunha. Já os movimentos anti-turismo não se fizeram notar, ultrapassados que foram na proporção da força aplicada pelos radicais islâmicos com quem comungam alguns dos intuitos.

A piada da semana

Finalmente uma nota sobre a entrevista de António Costa à revista do Expresso, uma bela borla para um toque de charme no tiro de partida para a rentrée política. Nela o primeiro-ministro afirma que não disputa popularidade com Marcelo, dizendo sem se rir que “quem toma medidas difíceis são os governos”. Não estaria certamente a referir-se às suas “reversões”, mas sim ao governo de Passos Coelho que teve de assumir o resgate de um país em bancarrota, a cumprir um pesado programa austeridade e de duras reformas para recuperar o crédito internacional.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.