Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Catalunha

catalunha.png

Ao contrário da maior parte dos comentários que leio por aí, não entendo que o governo de Madrid perante a situação da Catalunha tenha uma saída airosa. Todas as opções possíveis são de perda, e a da negociação política para uma revisão constitucional que autorize um referendo à secessão irá abrir uma caixa de pandora que inevitavelmente a prazo comprometerá  a unidade da Espanha. Curioso é verificar como a esquerda simpatiza sempre com o nacionalismo quando este for disruptivo quanto ao status quo (revolucionário). Aliás o nacionalismo moderno (não orgânico) tem as suas raízes na revolução francesa e como sabemos é território dos mais assustadores fanatismos. Não podemos estar tranquilos.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    João Távora 24.09.2017 15:01

    Meu caro Manuel: Talvez em reacção ao que refere, hoje como nunca se percebem movimentações no sentido da valorização das raízes históricas e culturais das comunidades. Isso é bem visível ao nível autárquico...
    Pela minha parte também entendo a Família Real como um elemento agregador da nossa herança histórica e identitária. Nunca como hoje foi tão importante a defesa destes valores do patriotismo orgânico (não gosto da palavra nacionalismo).

    Abraço,
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.