Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

João Távora

Do ultraje à resistência

tavoras.jpg

Há 262 anos Portugal ficava mais pobre, mais medíocre, mais pequenino como tantos o gostam de ver. Hoje é dia dos Távora, dia da resistência. Escrevo estas palavras em memória do meu sétimo avô, D. Manuel Rafael de Távora, que sofreu dezanove anos de prisão sem culpa formada, unicamente por ser quem era. Que Deus nos ajude a honrar os mártires que nos precederam.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.