Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

João Távora

Merecidas férias...

férias.jpg

Todos os anos por esta altura vai sendo costume os nossos miúdos tirarem umas ansiadas férias longe dos pais; pouco mais de meia-dúzia de dias em que sabemos se divertem à tripa-forra com os primos e retemperam forças em plena natureza (obrigado, mana!) longe das repressivas regras parentais e domésticas. Aqui chegados, nem eles imaginam como nós nos deleitamos nestes cálidos dias de Verão caídos do céu, em que estranhamos a casa demasiado grande e silenciosa, onde descansamos dos seus resmungos ao arrancá-los da cama, de dirimir as suas disputas, de quem levanta a mesa ou arruma a loiça, de os mandar arrumar os quartos, por a loiça na máquina e as roupas para lavar, a poder ir a um restaurante simpático por menos de 3 dígitos ou beber uma bebida espirituosa ao fim do dia na varanda. Resta-nos a consolação de que, quando daqui a uns dias nos estivermos a habituar a este remanso, eles chegam insolentes como sempre mas cheios de saudades da sua casa. Que somos nós.