Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

João Távora

Não podemos ser todos artistas


O problema é que o igualitarismo se dá mal com o Belo que inevitavelmente hierarquiza a criação do Homem, na Arte que resulta da expressão da sua ligação ao Divino. Ora acontece que, para além de a modernidade ter expulsado o Divino, a beleza carece inspiração, erudição e perseverança - conjunto de qualidades muito pouco democraticamente distribuídas. Só isso justifica a vulgaridade que salta todos os dias aos nossos olhos, agride os nossos ouvidos, e impunemente se propaga pelas nossas cidades.

 

Foto minha - "O Grande Clip" da rotunda da Galiza (Estoril)