Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

João Távora

O que aí vem...

22574822_770x433_acf_cropped.jpg

O governo francês anunciou ontem um projecto de lei sobre bioética onde se propõe que filhos de casais de lésbicas constem com “mãe e mãe” no registo de nascimento, a ser discutido no parlamento já em Setembro.
Pensar que não há muitos anos, tendo em vista o superior interesse da criança foi considerado um avanço civilizacional a obrigatoriedade da identificação do pai de qualquer filho "natural"... Mas irónico mesmo é constatar que a mesma malta que verbera contra as tradições católicas esteja agora plenamente convencida de que um indivíduo pode ser filho de dois pais ou filho de duas mães, a ponto de exigir que isso fique legislado...