Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

28.Set.13

Um outro fado de Lisboa

João Távora
   “Muitos estão prontos a ‘rasgarem as vestes’, diante de escândalos e injustiças – naturalmente cometidos por outros -, mas poucos parecem dispostos a actuar sobre o seu coração, a sua consciência e as próprias intenções (…)” Bento XVI       Talvez inspirado pelo instinto de sobrevivência, admito que sou um cândido optimista, mas o facto é que me perturbou a (...)
22.Ago.13

A questão dos papéis

João Távora
Ontem à tarde no parque infantil em má hora decidi elogiar efusivamente um menino vestido com uma t-shirt do Jubas (a mascote do Sporting) com quem o meu filho brincava animadamente. Então, o miúdo estacou à minha frente e, chocantemente prolixo, tratou de me esclarecer que era simultaneamente adepto do Sporting e do Benfica, porque o pai sportinguista e a mãe benfiquista eram divorciados e só assim ficavam os dois felizes. Confesso que embatoquei.  
30.Jan.13

Blasfémias

João Távora
  É irónico como na nossa cultura hedonista, que venera as aparências e o prazer, não haja parábola mais eficaz sobre as virtudes do mérito e do sacrifício do que a da (boa) forma física: é que esta depende fatalmente da austeridade alimentar e dum sério compromisso (!!!) com um exercício esforçado e... regular!
14.Jan.13

Os mal-amados

João Távora
Estes dias difíceis da crise, de incerteza e aflição que atravessamos, têm o condão de evidenciar desmesuradamente o pior das pessoas, depois ampliado nas redes sociais e nos blogues. Muitas vezes instigadas por figuras públicas com agenda política mas sem tento na língua, assim acende-se o rastilho com que explodem e se multiplicam autênticas matilhas sectárias e persecutórias na internet, a brandir o insulto mais rasteiro e xenófobo. É assim que com motivações diversas (...)
04.Jan.13

O medo de sentir medo

João Távora
O Homem fica sempre mais frágil quando rejeita os seus sentimentos. Exemplifico com um bastante desprezado, mas afinal tão valioso como os outros: o medo é o principal inimigo da realização humana, e o maior adversário da liberdade individual; se por um lado potencia a inércia e a omissão, também acciona a violência mais irracional. Mas aquilo a que chamamos “valentia” significa uma de duas coisas: ou inconsciência, ou… o domínio sobre o medo. Para domina-lo é (...)
02.Jan.13

Atrevimento

João Távora
O pior não é a ignorância, um mal que mais ou menos, em termos relativos, todos sofremos. Trágica é a arrogante falta dessa consciência, hoje tão fácil reprimir com umas roupitas de estilo e licenciaturas de bolonha.
14.Jul.09

Mistérios Mundanos

João Távora
Há dois tipos de mulheres bonitas: as que o são e as que fazem disso vida. Porque será que as que fazem disso vida (quando não acasaladas) andam quase sempre acompanhadas de uma confidente “feia”?
22.Jun.09

Da mediocridade

João Távora
Os portugueses dizem à boca cheia que a culpa do seu atávico conformismo e da sua proverbial mediocridade é da inveja (dos outros), sentimento que pelos vistos (os outros) são especialmente atreitos. Ora, quanto mais ambicioso é um desempenho, maior será a “reacção” alheia (inveja) e essa coisa até poderá causar algum incómodo ou inquietação. É assim que, como profilaxia ao conflito, o português prefere então não fazer nada: é usual escutarmos lamentos dos (...)
19.Jun.09

Exames

João Távora
De saída para o exame de físico-química, o meu miúdo adolescente acaba de aqui vir para se despedir (estou em casa doente), trajando uma exótica t shirt e um fato-de-banho comprido à surfista.  Espantado (convém na vida não perdermos esta extraordinária capacidade humana), interpelei-o sobre se aquela indumentária  não seria um pouco despropositada para o “acontecimento”, tendo o rapaz replicado que era normal e que dessa forma contrariava melhor o stress. Não que (...)