Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

João Távora

23.Mai.14

Votar no Domingo

João Távora
Sem ter a veleidade de pensar que influencio o voto de quem quer que seja, considero importante assumir nesta hora que, apesar da minha desilusão do modo como a coligação PSD/CDS resgatou o País duma situação falência - grosso modo através do aumento dos impostos, uma fórmula que pouco se diferenciaria do método socialista - por ser incapaz de beneficiar o infractor e tendo em conta que o que está em causa é a qualidade de candidatos e o grupo em que eles se irão inserir no (...)
08.Jun.09

A grande chapelada 5

João Távora
Uma vez mais tratou-se dum grande exagero a notícia da extinção do CDS, e por esse facto há que felicitar Nuno Melo e... Paulo Portas, apesar da direita dos valores em que me revejo possuir dificuldade em  identificar-se com o seu estilo populista.  O facto é que nesta hora há que reconhecer o seu mérito: Paulo Portas conseguiu superar essa desconfiança à custa da sua proverbial  capacidade de trabalho que produz resultados na agenda política, desproporcionados à dimensão (...)
08.Jun.09

Não tenhamos ilusões

João Távora
Mesmo que se confirme uma desejável viragem política nas próximas eleições legislativas, este país manterá um profundo problema de ingovernabilidade estrutural: um descrédito generalizado no regime e nas suas instituições, um estado paternalista e asfixiante, e uma congénita indolência dos portugueses. Mudar este último paradigma é o verdadeiro desafio nacional: é em cada individuo que terá que se operar uma mudança de atitude, de empenho, que viabilize Portugal.  Os (...)
08.Jun.09

A grande chapelada 4

João Távora
Para mim o que distingue um bom dum mau comentador politico, não é ser de direita ou de esquerda, ser ou ser não da minha cor politica: é a sua independência e erudição. Nesse sentido é sempre com grande interesse que oiço António Barreto. Para assistir a exercícios de retórica e propaganda bastam-me os políticos.
08.Jun.09

A grande chapelada 3

João Távora
Manuela Ferreira Leite revelou-se a grande vencedora da noite eleitoral de ontem: com a sua estratégia de comunicação baseada na sobriedade, e a escolha do cabeça de lista certo no momento certo, o PSD conquistou uma significativa vitória sobre o Partido Socialista. Tudo isto acontece apesar de Pedro Passos Coelho e da sistemática oposição e má fé assumida por um certo jornalismo e uns quantos fazedores de opinião que dominam com mestria o espaço mediático nacional. De facto, (...)
05.Jun.09

No Domingo, todos às urnas!

João Távora
Deixemo-nos de lérias. Depois de amanhã joga-se muito mais do que a eleição de deputados para parlamento europeu e eu receio que sejamos confrontados com duas sérias fatalidades: um descalabro à direita com a derrota da do PSD e um tombo do CDS, conjugado com exponencial crescimento da extrema-esquerda, pela mão do Bloco de Esquerda. A verificar-se uma vitória socialista, tal constituirá um tremendo reforço anímico para o partido enfrentar os próximos embates eleitorais, e (...)
02.Jun.09

Lágrimas de crocodilo

João Távora
É normal nos dias que passam escutar virtuosos analistas a lamentarem a ausência dos grandes temas europeus nas campanhas dos partidos, cobrando aos candidatos o previsível abstencionismo no próximo Domingo. Tal parece-me uma explicação algo simplista: tenho ideia que o esforço dos candidatos na abordagem dos “assuntos europeus” não é reconhecido pelos media, preocupados que estão com sound bites e parangonas com as quais conquistam audiências e vendem jornais. Além (...)